20.2.12

Things Change



A friend once told about the luck involved in Artist & Repertoire. "It´s amazing that any band ever gets signed," he said. "Usually after an A&R person signs their first band, they immediately start to develop a check list of what will and will not succeed." If the band plays sloppy, or they look like normal schleps, don´t have that rock star presence, wear glasses, sing in normal unaffected voices, wear their pants a little too high, etc... they will not succeed.


(from Weezer´s Blue Album Deluxe Edition booklet)

12.2.12

Anexo Número Mil


Alguns caras gritam na rua. A rua está cinco andares abaixo. 


Os idiotas estão em um carro. Gritam e permenecerão como gritantes anônimos pelo resto da minha vida. São manauíndios com barriguinhas obscenas que jamais saberão quem foi Bernardina Pinheiro.


Você dorme. O torpor teve início há quarenta minutos. Entrentando estou aqui desperto, escrevendo. 


Não há um único dia no qual não pense em escrever. 


Não há um único ato realizado ou não realizado meu sem haver tua existência física, quase, aqui.


Você dorme no nosso quarto e está aqui ao mesmo tempo. Mais uma existência tua e serias uma deusa católica.


E você é branca. E você usa sombra ao redor dos olhos. Aquela sombra semiborrada, seminsana, verde e branca, verde, circundando teus olhos verdes.

Dormiremos. Dentro em pouco dormiremos.

E acordaremos.


E será Domingo e eu te direi "eu te amo" mesmo antes de escovar os dentes.



10.2.12

White Gold

 

Gold, you will always come to me
With the power of deception
Gold won't ever comfort me
The color of deception
The color of deception
 
Move closer
Subterfuge
Illusion's there for all to see

There's no one left to rescue me

Glass and stone, it cuts like a knife
 
And gold won't ever comfort me.

(and then comes a loop from one of the most perfect songs I know)

7.2.12

I´m afraid of Chelsea Wolfe


First time I listened to Chelsea Wolfe was in this video, which made me look for her albuns



They´re strange, very strange; and they´re gothic, really gothic; which means: fascinating.


Check this video out and see what I´m talking about.





1.2.12

Centro

Torço bastante pela revitalização do Centro de Manaus e posso ampliar essa vontade torcendo pela revitalização dos centros de todas as capitais. As pessoas gostam dos Centros das cidades e mesmo com tanto apreço, os mesmos sempre são lugares mal tratados. No Rio e em São Paulo é assim, e aqui também temos essa coincidência negativa.



Vez ou outra uma casa se salva do abandono. Eu e minha namorada fomos a uma dessas, Fela Kuti, o nome do lugar. 

Uma casa velha redecorada em pormenores. Cartazes, grafites, quadros temáticos. Proprietários fazendo as vezes de anarquistas alheios às taxas abusivas da Prefeitura. Frequentadores desesperados para fazer algo variado. Músicos amadores espremendo-se dentro de quatro metros quadrados, público tentando dançar entre aclives e brechas no chão. Durante a noite ouvimos reggae, samba, quadrilha, carimbó, declamadores de poemas, samba de roda, rock.

 



(tentei colocar os frames juntos mas não consegui. culpa do blogger)


Existe algo de muito antigo, amplo, escuro e bom nas casas do centro. Bom por ser respeitável, antigo. Paredes permeadas por espectros invisíveis a olho nu. Mesmo assim poucas casas noturnas funcionam e as poucas são insalubres e decadentes.


E mesmo com tanta informalidade de banheiros masculinos sem tranca, divertimo-nos mais do que nos divertiríamos em uma casa com a mesma estrutura e mesmice de sempre. Diversão acrescida pelo encontro de uma amiga que não víamos há tempos. Pelos sorrisos dá pra ver o quanto nos divertimos.



(Dani, Joanne, minha namorada, e eu, quem assina o post)